EUA | Evento especial | Estreia nacional

 

E se “Flaws and All” fosse uma música sobre uma relação difícil com Deus? E se “Survivor” falasse de como as mulheres negras prosperam mesmo quando são desvalorizadas e subestimadas?
“Beyoncé Mass” é um evento especial, uma celebração religiosa de adoração feminina que usa a música e a vida pessoal de Beyoncé como uma ferramenta que promove um discurso de empoderamento sobre os marginalizados e esquecidos, particularmente as mulheres negras – as suas vidas, os seus corpos e as suas vozes.
Yolanda Norton, reverenda e Professora Assistente do Antigo Testamento no Seminário Teológico de São Francisco, criou a disciplina “Beyoncé e a Bíblia Hebraica”, que tem estado a pregar e que se baseia na música da Beyoncé, com o intuito de aumentar a consciencialização sobre a experiência espiritual das mulheres negras e os problemas que elas enfrentam na sociedade contemporânea. Trata-se de um culto de adoração. Yolanda Norton lembra-nos que “Deus está em todas as pessoas e que Beyoncé é feita à imagem de Deus. A igreja não tratou as mulheres negras de forma justa e está na hora de encarar essa verdade.”
Com a direção de Yolanda Norton, e a participação do Coro Beyoncé Mass e de músicos locais, este é um evento de celebração representativa de todos aqueles que se sentem e sentiram discriminados nas suas vidas (mulheres negras, comunidade LGBT, etc.).

 

Com: Yolanda Norton, Sam Lundquist e o Coro Beyoncé Mass

Próximos Eventos

ler mais
  • O BARCO / THE BOAT

    13 abril 2024 — 14 abril 2024
    Inhotim, Brumadinho (Brasil)

    GRADA KILOMBA

    A Galeria Galpão do Instituto Inhotim recebe, a partir do dia 13 de abril, O Barco / The Boat (2021), de Grada Kilomba, uma obra escultórica, performativa e poética comissionada pela BoCA 2021 e apresentada, agora, de forma inédita, no Brasil.

    +
  • O Carro Falante

    18 abril 2024 — 19 abril 2024
    deSingel

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • O CARRO FALANTE

    16 junho 2024 — 18 junho 2024
    Wiener festwochen

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    18 julho 2024 — 19 julho 2024
    Festival dos Canais

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    06 setembro 2024 — 07 setembro 2024
    Nowy Teatr

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    14 setembro 2024
    Festival Escena Patrimonio

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    09 outubro 2024 — 10 outubro 2024
    HAU Berlim

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +