três escritas a partir de uma casa, de Verdi e de Santa Teresa de Jesus

BoCA Sub21
17 Abril 2017

 

Colocou-se um dispositivo de gravação de áudio no melhor espaço neutro de uma casa, para onde, se as condições conviessem, todas as vibrações sonoras concorressem. Em três divisões distintas, havia narrativas: na cozinha: a água escorria; na sala: Verdi tocava; no quarto: Santa Teresa de Ávila era lida em voz alta. Eis a pergunta: o som cartografa, o som localiza, o som situa?; ou, se eu ouvir, sei onde estou?

 

Para ouvir a experiência,

clique aqui

e leia também o que foi lido.

 

por Miguel Jerónimo / BoCA Sub21