BoCA Summer School 2020
Workshop dirigido por GERARD & KELLY (EUA/FR)
Dança

 

Practices for Keeping Time

A pandemia do COVID-19 obrigou-nos a confrontar o tempo: de mudanças bruscas na vida quotidiana às horas passadas de confinamento em casa, de questões de mortalidade e sobrevivência à urgência de mudanças radicais na maneira como vivemos. Enfrentamos novas realidades do “antes” e do “depois”. Sentimos um atraso entre a temporalidade da natureza, ou um vírus, e a velocidade do capitalismo e da cultura contemporânea. Clockwork é uma partitura performativa que utiliza movimento, linguagem e ritmo para explorar a elasticidade do tempo e da memória. Através de uma série de práticas de movimento e de escrita, desaceleraremos e criaremos espaço para que surjam perguntas. Como entramos e saímos de sincronia uns com os outros? Como lidar com o tempo, como suporte técnico, da performance art e das relações sociais? Como nos aproxima da história e da política a consciência do tempo? O que é queer, feminista e pós-colonial com o passar do tempo? Clockwork é uma maneira de agarrar o tempo, usando todo o corpo, todos os sentidos e a memória.

Nota prática: este workshop não requer contato físico e será realizado respeitando as distâncias de segurança entre os participantes.


A QUEM SE DIRIGE
São convidados a participar estudantes, profissionais e não profissionais com práticas baseadas em movimento e com prática e / ou interesse em escrever. Todas as idades são bem-vindas.
> O workshop cumprirá as medidas de proteção e de segurança atualmente em vigor.


INSCRIÇÕES
Pode inscrever-se através do preenchimento do formulário disponibilizado neste link.
As inscrições são feitas por ordem de receção.


Produção:
BoCA
Parceria: Fundação GDA
Apoios: Estúdios Vítor Córdon, Câmara Municipal de Lisboa, Fundação Millennium BCP
A BoCA é um projeto financiado pelo Ministério da Cultura / DG Artes

Próximos Eventos

ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Mamadou Ba

    10 abril 2021
    Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto que relaciona a literatura com os espaços verdes da cidade de Lisboa. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP e da impressão de livros em braille.

    Convidada: Mamadou Ba (ativista político, tradutor, dirigente SOS Racismo)
    Livro escolhido: "Erosão" de Gisela Casimiro
    Espaço verde: Jardim do Museu de Lisboa

    ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Beatriz Batarda

    24 abril 2021
    Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto que relaciona a literatura com os espaços verdes da cidade de Lisboa. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP e da impressão de livros em braille.

    Convidada: Beatriz Batarda (atriz)
    Livro escolhido: "Caderno de Memórias Coloniais" de Isabela Figueiredo
    Espaço verde: Jardim do Museu de Lisboa

    ler mais