BoCA Summer School
Workshop “Arte Útil”, com orientação de Miguel Amado

A expressão “Arte Útil” sugere que a arte pode ser uma ferramenta ou um dispositivo. Este conceito tem vindo a ser proposto pela artista Tania Bruguera e um grupo de investigadores, diretores de museu, comissários e designers informalmente reunidos na Associação de Arte Útil para descrever pessoas que, “através de grupos auto-organisados, iniciativas individuais ou conteúdo gerado por utilizadores, desenvolvem novos métodos e formações sociais para lidar com problemas que antes estavam sob alçada do Estado”. Para Bruguera e companheiros, estas ações não são exemplos isolados, mas parte de uma história da arte enquanto mecanismo de transformação social que o modernismo subalternizou e que urge, por um lado, descrever e, por outro, atualizar como modo de intervenção no mundo atual. Este curso apresenta as linhas gerais da noção de “Arte Útil” através da análise dos seguintes temas: genealogia artística; critérios; estudos de caso artísticos; fontes de informação; debates teóricos; terminologia crítica; exemplos de exposições; aplicação a modelo museológico.

 

Orientação: Miguel Amado (comissário, investigador e crítico) em colaboração com Tania Bruguera e Alistair Hudson.

Biografia do orientador


A quem se destina:
 M/16, estudantes, artistas, investigadores, comissários, críticos e outros profissionais do setor artístico.
Os interessados deverão enviar um email para info@bocabienal.org com a seguinte documentação: nome, data de nascimento, contato telefónico e nota biográfica.
Data limite de inscrição: 23 de agosto. As inscrições são feitas por ordem de recepção.

Produção: BoCA
Parceria: Fundação GDA
Apoios: Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, Câmara Municipal de Lisboa, Fundação Millennium BCP

Próximos Eventos

ler mais
  • O CARRO FALANTE

    16 junho 2024 — 18 junho 2024
    Wiener festwochen

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    18 julho 2024 — 19 julho 2024
    Festival dos Canais

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    06 setembro 2024 — 07 setembro 2024
    Nowy Teatr

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • O Carro Falante

    09 outubro 2024 — 10 outubro 2024
    HAU Berlim

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +