Videoteca BoCA é um ponto de documentação, de historiação visual e de partilha pública, com o intuito de dar a conhecer o passado recente, desconhecido e poucas vezes documentado, de artistas que integram, na sua maioria, a programação da BoCA.

Percecionamos estéticas, conceções, direções, interesses e escolhas artísticas que se relacionam com uma geração, o seu contexto social, político e económico, mas que revelam também a intimidade dos artistas, mais jovens.

Oferecendo o acesso privilegiado a registos vídeos e a filmes de artistas – encenadores, coreógrafos, artistas visuais, performers -, a Videoteca BoCA conta com a colaboração dos próprios artistas, das suas estruturas de produção e de entidades públicas ou privadas que gentilmente cederam materiais de arquivo.

Durante a tarde, depois das aulas ou do trabalho, antes de assistir a um espetáculo ou na hora de almoço, a Videoteca BoCA instala-se no foyer do Teatro Nacional D. Maria II. É um ponto de encontro (físico), onde se podem descobrir obras que de outra forma não se teria oportunidade de ver, ou de rever.

 

Alguns artistas que integram a Videoteca BoCA:

Cecilia Bengolea, Cláudia Dias, Claudia Maté, Filipa Francisco, Florentina Holzinger, François Chaignaud, Héctor Zamora, Jan Martens, Jeremy Deller, João Pedro Vale & Nuno Alexandre Ferreira, Márcia Lança, Mariana Tengner Barros, Miguel Moreira, Musa paradisiaca, Paulo Castro, Rodrigo García, Romeo Castellucci, Tania Bruguera, Vasco Araújo, Vera Mantero.

Próximos Eventos

ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Hugo van der Ding

    27 junho 2021
    Casa da Cerca

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto da BoCA que relaciona literatura com os espaços verdes. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP.

    Convidado: Hugo van der Ding (Cartoonista, Cronista)
    Livro escolhido: "Platero e Eu" de Juan Ramón Jiménez
    Espaço verde: Jardim da Casa da Cerca, Almada

    ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Patrícia Portela

    27 junho 2021
    Palácio do Marquês de Alegrete

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto que relaciona a literatura com os espaços verdes da cidade de Lisboa. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP e da impressão de livros em braille.

    Convidada: Patrícia Portela (encenadora, escritora)
    Livro escolhido: "As barbas do diabo" Julio Cortázar
    Espaço verde: Palácio do Marquês de Alegrete

    ler mais
  • Na direção da luz

    01 julho 2021 — 31 julho 2021
    Teatro Camões

    HORÁCIO FRUTUOSO

    “Na direção da Luz” é uma intervenção site-specific do artista Horácio Frutuoso para o foyer do Teatro Camões (CNB), dinamizada pela BoCA. Um conjunto de poemas visuais sugerem uma ideia de movimento, de transformação das palavras e do espaço onde estão instalados pela luz.

    1 a 31 Julho 2021

    ler mais