ARTISTAS RESIDENTES 2019-2020

 

EUA | Dança/Performance | Nova criação

 

Qual é o potencial político do pole dance? Ele suspende o bailarino contra a gravidade; com o seu apoio, o corpo pode levitar por um momento. Como podemos suspender a história da violência baseada na raça, na classe, no género e na sexualidade, sem apagar o impacto dessas diferenças de como nos relacionamos e nos vemos? Estas são algumas interrogações levantadas pelos americanos Gerard & Kelly, dupla prodigiosa de criadores que entrelaça a dança e as artes visuais. Queer e minimalistas, instigadores da crítica feroz ao institucional, reformulam os códigos do submundo experimental vanguardista em “State of”, uma performance em torno do pole dance, apresentada na imensa e branca Sala Oval do MAAT, confrontando a luz da arquitetura com o ressurgir de um presente obscuro.

State of” utiliza a coreografia, o pole dance, citações e transformações da bandeira dos EUA e do hino nacional para tratar da identidade nacional. Gerard & Kelly continuam a sua colaboração com Forty Smooth, uma das figuras mais inovadoras do “subway pole dance”, um género de performance desenvolvida nas carruagens de metro de Nova Iorque, e é acompanhada pelo dançarino e vocalista Quenton Stuckey. Em “State of” vemos um grupo de homens a explorar o potencial crítico da intimidade, para suspender a violência relacionada com as nossas diferenças.

 

Conceito e coreografia: Gerard & Kelly
Performance: Ryan Kelly, Forty Smooth e Quenton Stuckey
Instrutor de pole dance: Roz “The Diva” Mays
Figurinos: Stacey Berman and Rio Uribe/Gypsy Sport
Produção: Gerard & Kelly Foundation
Co-produção: Centre chorégraphique national d’Orléans
Fotografias Thomas Scotto D’Abusco

Uma primeira versão de “State of” foi apresentada em 2017 no Festival d’automne à Paris e Parades FIAC com o apoio da Fondation Fiminco e Mona Bismarck American Center. A criação de “State of ” foi possível graças a uma bolsa de Chashama’s Space (Nova Iorque).

 

Próximos Eventos

ler mais
  • IF YOU WANT TO CONTINUE

    08 agosto 2019 — 10 agosto 2019
    Kampnagel Internationale Kulturfabrik

    VASYA RUN

    Vasya Run é um coletivo russo anónimo, constituído por rapazes entre os 16 e 27 anos, da periferia de Moscovo, que mistura arte contemporânea, teatro, subculturas de rua e rituais de emancipação espiritual. "If you want to continue", a sua nova performance, é comissionada pela BoCA e tem como conceito principal a figura do herói. Depois da estreia mundial na BoCA 2019, a performance é agora apresentada no festival Kampnagel, em Hamburgo (Alemanha).

    ler mais