“Museum of Skateboarding” é um projeto que examina o skate não como uma subcultura, mas através do seu impacto na consciência e no corpo. A prática artística de Kirill Savchenkov (1987), que cresceu nos subúrbios de Moscovo, apela à relação entre educação, conflitos culturais, espaço social, construção de identidade e conhecimento em comunidades marginais e subculturas.

Nestas instalações vídeo, Savchenkov inspirou-se nos conceitos da arquitetura funcional modernista, que se centra na organização da existência humana na cidade, e no facto de que o skate é capaz de ler essas ideias através do corpo, abrindo o potencial escondido da arquitetura.

O skate que o artista explora nestas criações é uma forma híbrida de atividade que quase se assemelha a uma religião.

Propondo uma teoria e guia do Novo Skate, mistura o patinar com conhecimento de artes marciais, treino militar e fitness. Kirill Savchenkov inventa uma linguagem gestual inspirada em movimentos de skate e inventa uma ténica viável para usar um skate como arma e escudo. Habilita o skater de um conjunto de capacidades, oferecendo um guia prático de sobrevivência na cidade que integra uma rotina de exercícios com mantras, trabalho respiratório e epigramas filosóficos. Kirill Savchenkov reconstrói arqueologicamente os movimentos e intenções da prática do skate, vista como uma forma de movimento numa paisagem distópica.

 

 

Museum of Skateboarding, 2016. Single channel fullHD, vídeo. 5’38’’. Cortesia do artista (Apoio de Calvert 22 Foundation)
Museum of Skateboarding. 2015. Single channel fullHD, vídeo. 2’29’’. Cortesia do artista (Apoio de V-A-C Foundation)

Agradecimentos Maria Kharitonova, Evgeny Rodin, Stas Provotorov, Ivan Shpak, Evgeny Kostikov

Apoio Casa da Música

 

Biografia

 

Próximos Eventos

ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Mamadou Ba

    10 abril 2021
    Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto que relaciona a literatura com os espaços verdes da cidade de Lisboa. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP e da impressão de livros em braille.

    Convidada: Mamadou Ba (ativista político, tradutor, dirigente SOS Racismo)
    Livro escolhido: "Erosão" de Gisela Casimiro
    Espaço verde: Jardim do Museu de Lisboa

    ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Beatriz Batarda

    24 abril 2021
    Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto que relaciona a literatura com os espaços verdes da cidade de Lisboa. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP e da impressão de livros em braille.

    Convidada: Beatriz Batarda (atriz)
    Livro escolhido: por anunciar
    Espaço verde: Jardim do Museu de Lisboa

    ler mais