BRASIL
Estreia Nacional – Dança / Performance
“Lavagem”


Em
“Lavagem”, a mais recente obra da coreógrafa brasileira Alice Ripoll e Cia. REC, a realidade e a fantasia misturam-se em delírio, como num sonho apocalíptico. Com a ajuda de baldes, água e sabão, a performance investiga imagens ambivalentes a partir do ato de lavar, com desdobramentos cénicos e históricos observados criticamente. Os objetos usados desdobram-se em múltiplas imagens poéticas de êxodos, travessias, rituais, renascimento e resistência.

No português do Brasil, a palavra “lavagem” significa limpeza, o ato de limpar, saneamento, mas também significa sujidade num outro sentido: “lavagem de dinheiro” é uma expressão utilizada para disfarçar a origem ilícita de dinheiro; “lavagem cerebral” é o que alguém faz a outra pessoa para controlar e pôr a pensar de determinada maneira.

O que de fato precisa ser limpo? As casas, a sujidade? Rastros deixados, fatos da História? Odores dos fluidos do corpo, quando nos aproximamos? A espuma tinge os corpos e remete à invisibilidade, as bolhas sugerem um mundo de sonhos, em contraste com a dura falta de mobilidade social do mundo real.

“Lavagem” apresenta uma ancestralidade cheia de lutas e também segredos sobre a alegria de não ficar obcecado em vencer a corrida pela maior capital.


Direção:
Alice Ripoll
Ideia original: Alan Ferreira
Performers: Alan Ferreira, Hiltinho Fantástico, Katiany Correia, Rômulo Galvão, Tony Hewerton, Tuany Nascimento
Direção de produção: Natasha Corbelino, Corbelino Cultural
Produção e assistente de cenografia: Thais Peixoto
Assistência artística: Laura Samy
Fotografias: Renato Mangolin
Cenógrafo: Raquel Theo
Figurinos: Paula Ströher
Desenho de luz: Tomas Ribas
Adereços: Cleber de Oliveira
Difusão: ART HAPPENS
Apoio: Rafael Machado Fisioterapia
Co-produção: Kunstenfetivaldesarts, PACT Zollverein, Kaserne Basel, Wiener Festwochen, Julidans, Festival de la Cité Lausanne, Passages Transfestival, Romaeuropa Festival, Teatro di Roma – Teatro Nazionale, Festival d’Automne à Paris
Apoio à apresentação: IBERESCENA

Próximos Eventos

ler mais
  • O Barco

    08 julho 2022
    Khunstalle Baden Baden

    GRADA KILOMBA

    A primeira instalação de grande escala de Grada Kilomba viaja até à Praça de Margarida Xirgu, frente ao Teatro Lliure, em Barcelona. Composta por 140 blocos de madeira queimada, convida o público a entrar num jardim da memória, no qual poemas descansam sobre blocos de madeira queimada, lembrando histórias e identidades esquecidas. Que histórias são contadas? Onde são contadas? Como são contadas? E contadas por quem? São questões que se colocam ao entrar nesta instalação.

    +
  • Trouble

    24 agosto 2022 — 27 agosto 2022
    Kampnagel, Hamburg

    GUS VAN SANT

    O realizador de cinema Gus Van Sant aventura-se na sua primeira criação de palco com uma equipa portuguesa, um espetáculo de teatro musical inspirado em Andy Warhol e no seu esmagador talento para elevar a ícone as imagens, ao mesmo tempo que escalava como persona e artista a um estatuto de celebridade mundial.

    +
  • Trouble

    15 dezembro 2022 — 18 dezembro 2022
    La Villette, Paris

    GUS VAN SANT

    O realizador de cinema Gus Van Sant aventura-se na sua primeira criação de palco com uma equipa portuguesa, um espetáculo de teatro musical inspirado em Andy Warhol e no seu esmagador talento para elevar a ícone as imagens, ao mesmo tempo que escalava como persona e artista a um estatuto de celebridade mundial.

    +