HOMEWORK

Inspirado no movimento Fluxus, em que artistas escreviam instruções para serem ativadas pelo público dentro dos museus, a BoCA convida agora artistas para escreverem instruções para ativação em casa. Todas as segunda-feira, são partilhadas partituras inéditas que desafiam o público a um diálogo entre o exterior e o interior, o corpo e a imaginação.


SEMANA 10

21 JUN – 27 JUN: Lia Rodrigues

Lia Rodrigues nasceu em 1956 em São Paulo onde se formou em ballet clássico e estudou História na Universidade de São Paulo. 
Após ter participado do movimento de dança contemporânea em São Paulo nos anos 70, integrou a Compagnie Maguy Marin/França entre 1980 e 1982 onde participou da criação de ‘May b.”. 
De volta ao Brasil fundou a Lia Rodrigues Companhia de Danças em 1990, no Rio de Janeiro. São 30 anos de trabalho continuo com criação e pedagogia.  
Criadora e diretora artística por 14 anos do festival  Panorama  de Dança. 
Desde 2004  desenvolve projetos artísticos  e  pedagógicos na favela da Maré  no Rio de Janeiro em parceria com a Redes da Maré.Dessa parceria nasceu, em 2009 ,o Centro de Artes da Maré um espaço para criação, formação e difusão das artes e em 2012 , a Escola Livre de Dança da Maré.

Próximos Eventos

ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Patrícia Portela

    27 junho 2021
    Palácio do Marquês de Alegrete

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto que relaciona a literatura com os espaços verdes da cidade de Lisboa. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP e da impressão de livros em braille.

    Convidada: Patrícia Portela (encenadora, escritora)
    Livro escolhido: "As barbas do diabo" Julio Cortázar
    Espaço verde: Palácio do Marquês de Alegrete

    ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Hugo van der Ding

    27 junho 2021
    Casa da Cerca

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto da BoCA que relaciona literatura com os espaços verdes. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP.

    Convidado: Hugo van der Ding (Cartoonista, Cronista)
    Livro escolhido: "Platero e Eu" de Juan Ramón Jiménez
    Espaço verde: Jardim da Casa da Cerca, Almada

    ler mais
  • Na direção da luz

    01 julho 2021 — 31 julho 2021
    Teatro Camões

    HORÁCIO FRUTUOSO

    “Na direção da Luz” é uma intervenção site-specific do artista Horácio Frutuoso para o foyer do Teatro Camões (CNB), dinamizada pela BoCA. Um conjunto de poemas visuais sugerem uma ideia de movimento, de transformação das palavras e do espaço onde estão instalados pela luz.

    1 a 31 Julho 2021

    ler mais